Conteúdo Voltar

Fruitleather é um novo material para moda feito de mangas descartadas

27 de Maio de 2020

Todos sabem que o desperdício de alimentos é um problema. Cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são jogados fora todos os anos. Isso representa cerca de um terço de todos os alimentos produzidos, e 45% de todas as frutas produzidas para consumo são jogadas fora. Para combater o desperdício de alimentos e mitigar o impacto ambiental da indústria do couro, dois jovens holandeses transformam mangas não vendidas em imitação de couro.

Koen Meerkerk (26) e Hugo de Boon (26) são uma dupla de designers de Roterdã na Holanda com uma paixão por criar valor para coisas consideradas inutilizáveis. A dupla colocou seu foco no desenvolvimento de materiais de desperdício zero, assim nasceu a Fruitleather Rotterdam, para divulgar a questão do desperdício de alimentos e mostrar como o lixo pode ser usado de maneira positiva.

Koen e Hugo queriam resolver o desperdício de frutas que eles viam no mercado de alimentos de Roterdã. Sua resposta: recuperar as mangas não vendidas no mercado para criar um material durável com a aparência de couro, e forte o suficiente para ser usado em sapatos, bolsas e móveis.


Hugo e Koen fabricam cada folha medindo 60 x 40 centímetros, transformando as mangas num material durável, aplicado sobre um suporte têxtil à base de poliéster. A folha pode receber relevo para dar um acabamento real semelhante ao couro. Segundo eles:

“Os dois mundos das frutas e couro são combinados onde os resíduos da indústria de frutas são usados ​​para mudar radicalmente o mundo da indústria poluidora de couro”.

O material consiste em até 90% das mangas, e pode ser fabricado em qualquer cor e está disponível com uma variedade de estampas.

A marca de bolsas veganas Luxtra lançou uma nova linha de bolsas feitas de Fruitleather. A empresa não é estranha a materiais que imitam couro à base de frutas. A marca utiliza Piñatex, feito das folhas do abacaxi e Frumat, feito das cascas de maçã. O Fruitleather está sendo utilizado por marcas de bolsas e sapatos veganos como alternativa ao couro e laminados sintéticos.


Fonte: Stylourbano

Newsletter
Follow Us