INSPIRAMAIS 2021_II - FREE SPIRIT 25 a 27 de agosto de 2020
Conteúdo Voltar

Disponível: Live Sustentabilidade debate a moda circular nos tempos atuais

20 de Maio de 2020

Aconteceu nesta terça-feira, 19/05 mais uma Live Inspiramais, projeto realizado pelo Inspiramais em parceria com o Sebrae e que traz a assuntos reflexivos e um novo olhar sobre os caminhos da indústria e da moda.  Para conferir na integra toda a Live é só acessar:



Ressignificando o mercado de moda e design
Desta vez foi Flávia Vanelli, do Núcleo de Design do Inspiramais e responsável pelos projetos de sustentabilidade do Inspiramais (Conexão Criativa e Comercial, e Espaço da Sustentabilidade) quem trouxe para o bate-papo o especialista em Economia Circular, Alexandre Gobbo Fernandes - que desde 2011 realiza trabalhos para o desenvolvimento da Economia Circular e Cradle to Cradle  (EC)no Brasil.

Alexandre também assina o prefácio da edição brasileira e coordenou a publicação do livro de referência mundial "Cradle to Cradle: Remaking the way we make things" de McDonough e Braungart. É também arquiteto urbanista, mestre em Conforto Ambiental e Bioclimática.

 

Duas vozes que se alinham com as questões de sustentabilidade. Alexandre, que está à frente de projetos importantes estratégico e governamental de aplicação da EC, divide com Flávia Vanelli parceria no projeto Modacer (Moda Circular e Responsável), que reúne especialistas que auxiliam na transição da indústria de moda e design para a Economia Circular.


Para ambos, a pandemia nos está dando uma chance única para repensar os valores pelos quais medimos o sucesso nas empresas, e adotar novas práticas para remodelar as cadeias da Moda e Design. “Estamos passando apenas pela primeira etapa de cortar custos, diminuir produção e reduzir os riscos. É necessário considerar quais são as próximas ações relevantes de fato para o novo período de recuperação, para sermos capazes de implementar uma estratégia de resiliência e sustentabilidade”, comentou Alexandre, que afirma que a Moda Circular é responsável pode acelerar processos, trazer flexibilidade pro negócio e ressignificar o valor dos produtos no mercado. 


Refletindo sobre os riscos relacionados à sustentabilidade que foram acelerados pela pandemia, e explorar como a economia circular pode propiciar caminhos neste momento de escolhas transformadoras a conversa trouxe maneiras de pensarmos em formas de promover a regeneração da sociedade através de uma economia aliada à natureza.

 

Usando como exemplo o projeto Modacer, onde é aplicado a Economia Circular para criar, mapear e apoiar estratégias e ações em design de produtos e comunicação para líderes e equipes nas empresas que desejam cadeias produtivas mais sustentáveis e responsáveis.


Flávia trouxe a questão de como respondemos às emergências da pandemia buscando também enfrentar a crise econômica e social através da economia circular para nos tornar mais resistentes a enfrentar pandemias como a do Covid-19 até mudanças climáticas e muitos outros desafios globais. Para Alexandre Gobbo é necessário rever situações de logística, desabastecimento, modelos de negócios voltados à apenas uma forma de atividade e ou negócio. Para ele, o design que já não pontua mais a estação, há um declínio nos volumes de compra no atacado, e outra relevância dos produtos e ou serviço.


“Os riscos relacionados ao modelo insustentável de desenvolvimento foram intensificados pela pandemia. Precisamos de uma corrente de regeneração e a abordagem da EC proporciona uma visão de cadeias de valor mais sustentáveis: resiliência, redes de colaboração, manutenção dos recursos, fontes renováveis, serviços ecossistêmicos”, conta Alexandre. Para ele, a economia circular é uma economia que intensifica o engajamento, a cooperação e o apoio mútuo entre cadeias inteiras. “Minimiza custos ambientais, sociais e econômicos, e maximiza o valor dos resíduos como insumos de produção (garantindo assim o abastecimento dos suprimentos). Também proporciona maior controle e transparência em toda as etapas do negócio. Amplia e diversifica as oportunidades”.


Falando especificamente da Moda e do Design Circular, a grande contribuição da Economia Circular para a indústria da Moda e Design para acelerar transformações positivas se faz por escolhas transformadoras. “A moda e o Design Circular podem trazer soluções inovadoras para construir estruturas mais robustas com mais resiliência e agilidade para responder às incertezas: introduzir novas ferramentas e estratégias em toda a cadeia de valor para seus modelos de negócios estejam "à prova de futuro (Future Proof), assim como redefinir atributos para ressignificar nossa relação com os produtos e encontrar formas inovadoras de manter recuperar o valor dos produtos. O Redesign de produtos e embalagens mais sustentáveis e circulares e transformar os resíduos de produção em ativos valiosos.


O assunto também trouxe o que o projeto Modacer vem chamando de Quick Scan Circular, desenhado para ajudar as empresas em Moda e Design a inovar com a agilidade e eficiência. “Criamos um método rápido, aplicado em apenas um mês para oportunizar que negócios consigam rapidamente identificar as oportunidades relacionadas a sustentabilidade e ao design circular. O Quick Scan foi criado para introduzir a EC com uma intervenção ousada e rápida para democratizar a aplicação da EC para todo o mercado. Provocamos insights de mercado para acelerar transformações nas empresas”, explicou.

 

A live apontou também os grandes players que já diversificam seus negócios, criando redes de cooperação e um mix de produtos de forma mais rápida para abastecer a demanda por produtos sustentáveis. As Pequenas e médias empresas precisarão acompanharem para se manterem competitivas.


Para Flávia e Alexandro, a relação com os materiais dos produtos após a pandemia e reflexo na moda e design serão os ciclos técnicos de produtos, ou seja, saúde dos materias e não poluição e sua durabilidade, assim como os serviços que os produtos oferecem. Também haverá ciclos orgânicos, com a utilização de materiais naturais e a bioeconomia, com a necessidade de manter os ecossistemas saudáveis.


Para saber mais do Modacer

Instagram @coletivomodacer
IBB (Instituro by Brasil) https://www.institutobybrasil.org.br/consultoria-em-moda-circular-e-responsavel



Fonte: Assessoria de imprensa Assintecal - C Comunica
Newsletter
Follow Us